Canada Archives | Canada Immigration Service | E-Visa Immigration

Dicas Canadá, Morar no Canadá, Vida no Canadá
    Para quem deseja viver fora do seu país de origem, uma das principais preocupações é: como levar o meu bichinho de estimação comigo? Por isso, resumimos algumas informações para te ajudar a viajar com o seu pet para o Canadá!

    No âmbito do Programa Nacional de Saúde Animal, a Canadian Food Inspection Agency (CFIA) estabelece alguns requisitos de importação para todos os animais e produtos de origem animal que entram no Canadá, incluindo animais domésticos. Estas exigências aplicam-se para:

    • Entrada de animais no Canadá de forma permanente
    • Animais em trânsito através do Canadá em seu caminho para um destino final
    • Entrada de animais no Canadá para uma visita temporária

    Obs: A Agência pode recusar a entrada de um animal apresentado para importação.



Requisitos para Importação e Viagens

CÃES


O pré-aviso de chegada pode ser necessário

    Alguns animais podem exigir uma inspeção pela CFIA nos portões de entrada para o Canadá. Um inspetor da CFIA não está de plantão em todos os momentos, por isso os importadores devem usar a ferramenta “Automated Import Reference System” para determinar se uma inspeção CFIA é necessária. Se for necessária, os importadores devem entrar em contato com o escritório de distrito CFIA mais próximo de seu primeiro portão de entrada no Canadá para agendar a inspeção. É responsabilidade do importador fazer o contato com o CFIA antes da viagem para garantir que a inspeção seja realizada sem atrasos.


viajar com o seu pet para o Canadá

Transporte aéreo

    • Pode ser exigida documentação adicional dos cães para que eles possam voar. Por isso, é necessário verificar com a companhia aérea quais são os requisitos.


Vacinas necessárias

    • Cães importados para o Canadá devem ter tomado todas as vacinas necessárias. Dependendo da idade, a vacinação da raiva pode ou não ser necessária.




Tarifas de Inspeção, Taxas e Impostos

    • Cães importados para o Canadá terão um controle dos documentos através da Agência de Serviços de Fronteira do Canadá (CBSA) para garantir que a vacinação de raiva do animal seja atual. O CBSA também irá inspecionar visualmente o animal para garantir que não há sinais visíveis da doença. As taxas atuais para esta inspeção são: $ 30,00 + impostos para o primeiro animal; e $  5,00 + impostos para cada animal adicional no embarque. Se as exigências de importação não forem atendidas, o animal deverá ser vacinado contra raiva no prazo de duas semanas de sua chegada no Canadá, além da seguinte taxa extra: $ 55,00 + impostos para o primeiro animal; e $ 30,00 + imposto para cada animal adicional. Todas as taxas devem ser pagas no momento da inspeção.


Pet Food



    • que fornece informações sobre os requisitos de importação para todos os produtos regulamentados pela CFIA. Para saber mais como trazer o seu animal de estimação, acesse a página oficial no site do Governo Canadense na sessão Canadian Food Inspection Agency. 


    Fonte: Canadian Food Inspection Agency (inspection.gc.ca)
0

Immigration, Visto para o Canadá

O Governo Canadense anunciou que à partir de 31 de Dezembro de 2018, irá requisitar o cadastramento de dados biométricos para residentes permanentes e solicitantes de visto de estudo, visto de trabalho e aplicação para a Residencia Permanente no Canadá.
Dados biométricos são características pessoais que podem ajudar os oficiais a identificarem com mais agilidade aqueles que entram no país. No Canadá, esses dados são: reconhecimento facial (foto) e impressões digitais.



Como é feito o cadastro de dados biométricos?


Para brasileiros aplicando para um visto de dentro do Brasil, a coleta de dados deve ser feita através de um dos 5 centros VAC no Brasil:

SÃO PAULO
Rua Butantã, 434, 5º andar
salas 52,53 e 54 – Edifício Itamaraju
Pinheiros – São Paulo – SP
CEP 05424-000

RIO DE JANEIRO
Avenida Rio Branco, 156 salas 2119 e 2120
Centro – Rio de Janeiro – RJ Brazil
CEP: 20040-901

BRASÍLIA
SIG, Quadra 04, Lotes 75/175, Bloco A, Sala 116a
Brasília – DF,
CEP 70297-400

RECIFE
Rua Padre Carapuceiro, 968, salas 1201 e 1202
Boa Viagem – Recife – PE
CEP 51020-280

PORTO ALEGRE
Rua Dom Pedro II, 367, 3º andar, conjunto 301
São João – Porto Alegre – RS
CEP 90550-142


Porém, se você é um brasileiro trocando seu status de dentro do Canadá, você poderá fazer a coleta em um dos centros brasileiros ou através do centro VAC americano mais próximo. Se você ainda possui dúvidas sobre sua mudança de status, entre em contato com a nossa equipe.


Quem precisará cadastrar os dados biométricos?

O cadastramento de foto e impressões digitais será necessário para estrangeiros que estejam aplicando para visitar, estudar ou trabalhar no Canadá. E também para aplicantes de Residência Permanente.



Quando cadastrar os dados?

Você deverá fazer o cadastro no momento da aplicação do visto, conforme orientações oficiais recebidas na sua aplicação de visto canadense.



Qual a validade do cadastro?

A validade do cadastro de dados biométricos é de 10 anos. E se você passou recentemente por este processo, já deve ter todos os dados válidos para as próximas viagens ou solicitações de visto.



Quanto custa?

O custo da verificação depende da quantidade de aplicantes, para:
  • Aplicante individual: CAD$85
  • Famílias aplicando ao mesmo tempo: máximo total de CAD$170
  • Grupos de 3 ou mais pessoas em atividades artísticas: máximo total de CAD$255



O que acontece ao chegar no Canadá?

  • Se você chegar por um dos 8 principais aeroportos do Canadá, suas digitais serão verificadas em um dos “Primary Inspection Kiosks”, conforme vídeo abaixo:



  • Se você desembarcar por um aeroporto de menor porte ou via terrestre, você deverá se apresentar à um oficial de fronteira que fará a verificação dos dados biométricos através de um aparelho específico.

Lembre-se de consultar nossa equipe sobre atualizações de valores ou processos através do contact@evisaimmigration.com
5

Programas de Imigração

OINP – International Student

O International Students Stream é voltado para estudantes internacionais de Ontario que têm uma oferta de trabalho na província. Os aplicantes só serão elegíveis se tiverem recebido uma oferta de trabalho full-time com duração indeterminada e seguirem:  


REQUISITOS DA OFERTA DE TRABALHO

  • Uma oferta de trabalho full-time (30 horas ou mais por semana) por tempo indeterminado nas ocupações de NOC 0, A ou B, e
  • Preencher os requisitos mínimos salariais de acordo com a ocupação e região
 


REQUISITOS DE ESTUDO

Ter completado os requerimentos para obter:
  • Um Degree ou Diploma (full-time) de no mínimo 2 anos em uma instituição canadense, OU
  • Uma Pós-Graduação – Degree, Diploma ou certificado de uma instituição canadense elegível que leve pelo menos um ano (em caráter full-time) e que exija a conclusão de um diploma como pré-requisito.
  • Ter completado ao menos metade dos estudos em caráter full-time enquanto reside dentro do Canadá
  • Aplicar dentro de dois anos a partir da data em que você completou todos os requisitos de diploma ou certificado. Para fins de OINP, esta será a data em sua credencial de educação, ou se sua credencial ainda não tiver sido concedida, a data em sua carta oficial de sua instituição acadêmica indicando quando sua credencial será concedida.
  • Intenção de residir em Ontario
  • Ter um status válido dentro do país ( ex: study permit, work permit, etc.) caso já esteja residindo no Canadá
 


REQUISITOS DO EMPREGADOR

O empregador deve preencher os mesmos requisitos do programa de Foreign Works Stream  

LEMBRE-SE!


O OINP não aceitará candidaturas de estudantes internacionais em seu último semestre de estudos. Os candidatos devem ter cumprido todos os requisitos de Degree ou Diploma no momento da solicitação. Você (o candidato) e/ou os membros da sua família não devem deter ou ter mantido patrimônio nos negócios do empregador, a menos que tenha sido obtido como parte de sua remuneração como empregado e o patrimônio total de você e seus familiares é/foi inferior a 10%.
2

Programas de Imigração
O Ontario Immigrant Nominee Program (OINP) é uma grande oportunidade para aqueles que querem morar em Toronto, Ottawa, London, Barrie, entre outras cidades de Ontario. Atualmente, o Programa Federal da província oferece oito formas de imigrar, entre elas:

Foreign Workers Stream

O Foreign Workers Stream é um programa dedicado para àqueles que estão fora do Canadá e tem uma oferta de trabalho dentro da província de Ontário. Os pré-requisitos do programas incluem:  


PARA O APLICANTE

  • Oferta de trabalho full-time dentro da província e por tempo indeterminado
  • Mínimo de  2 anos de experiência de trabalho no mesmo NOC (National Occupational Classification) da vaga oferecida
  • Intenção de residir em Ontario
  • Licença de trabalho, caso a profissão seja regulamentada na província
  • Ter um status válido dentro do país, caso já resida no Canadá
 


PARA O EMPREGADOR

  • O negócio deve estar ativo há pelo menos 3 anos
  • Ter estabelecimentos ou escritório em Ontário (onde o aplicante irá rabalhar)
  • Estar em conformidade com o Ontario Employment Standards Act and the Occupational Health and Safety Act.
  • Se o empregador está em Greater Toronto Area, ele deve: ter faturamento mínimo de CAD$1,000,000 no ano fiscal mais próximo e 5 empregados full-time (Canadenses ou Residentes Permanentes)
  • Se o empregador está fora de  Greater Toronto Area, ele deve: ter faturamento mínimo de CAD$ 500,000 no ano fiscal mais próximo e 3 empregados full-time (Canadenses ou Residentes Permanentes)
8

Canada Immigration Services
Parabéns, você recebeu sua aprovação de vistos e está devidamente autorizado a pisar em terras canadenses. E agora, o que pode ser transportado na mudança para o Canadá? Para ajudar a solucionar esse dilema de última hora, criamos um guia com informações essenciais do Canada Border Services Agency para esse momento.

 

 

Faça uma lista dos itens que você está transportando

Crie duas listas dos bens pessoais que serão transportados durante a viagem. As listas devem conter a descrição, fabricante, modelo e número de série (quando aplicável) dos produtos.  


Itens livres de impostos e taxas

Alguns dos itens mais comuns que podem ser transportados e isentos de taxas e impostos são:
  • Roupas e roupa de cama
  • Mobília
  • Eletrodomésticos
  • Computadores pessoais
  • Jóias
  • Antiguidades
  • Livros
  • Instrumentos musicais
  • Coleções particulares
  • Heranças familiares
  Porém, alguns itens, como jóias e presentes, necessitam de documentos ou ações complementares que confirmem a origem e o caráter de uso pessoal dos produtos em trânsito.

 

Informações que devem ser declaradas ao entrar no Canadá

Momentos antes de desembarcar em solo canadense, você receberá um formulário (Declaration Card) para declarar bens, valores ou condições específicas de sua chegada no Canadá. Nele, você terá a oportunidade de informar aos agentes de fronteira:
  • Posse de bebidas alcoólicas, tabaco ou produtos relacionados
  • Bens de consumo ou valores que excedam o permitido (CAD $10,000)
  • Condições de saúde específicas e pertinentes ao momento da viagem
  • Medicamentos ou produtos de saúde
  • Posse de produtos contendo carnes, laticínios ou sementes.

 

 

Mais informações

Para ver a lista completa e atualizada de itens e condições, visite o site do Canada Border Services Agency ou entre em contato com o Serviço de Fronteira canadense.   E BOA VIAGEM!
0

Canada News

Manitoba anunciou uma série de mudanças no seu Programa de Nomeação Provincial, incluindo a criação de uma lista de ocupação sob demanda e um novo caminho alinhado com o sistema do Express Entry.

As medidas fazem parte de uma ampla reestruturação e renovação do Programa Provincial de Nomeação de Manitoba (MPNP) para fornecer aos recém-chegados novos caminhos para residência permanente na província. As mudanças incluem a reestruturação de três programas de imigração existentes: MPNP-B Business Immigration Stream, Skilled Worker in Manitoba Stream e Skilled Worker Overseas Stream – e a criação de um novo programa para estudantes internacionais.

Uma das principais mudanças é a introdução de uma nova lista de ocupações em demanda que será usada para priorizar as Cartas de Intenções (EOI) para convidar aplicantes do novo programa de Skilled Work Overseas. Esse programa agora será subdividido em duas categorias: o Manitoba Express Entry Pathway e o Human Capital Pathway.

O Express Entry Pathway, que deverá entrar em vigor em janeiro de 2018, permitirá que Manitoba nomeie candidatos qualificados que atendam aos critérios para o sistema do Express Entry e tenham um perfil ativo. Entre outros requisitos, será dada prioridade aos candidatos que tenham uma experiência mínima de seis meses em uma ocupação sob demanda, bem como um amigo ou parente próximo em Manitoba ou um convite válido para inscrição emitido pela MPNP.

O Human Capital Pathway é para candidatos internacionalmente qualificados com habilidades e experiência dentro da lista de Ocupações sob demanda e que demonstram um alto potencial para estabelecer-se em suas ocupações antes da chegada a Manitoba. Familiares ou experiência de trabalho anterior em Manitoba, nos últimos cinco anos, são alguns dos critérios para se qualificar para este programa.


A lista é bem vasta. Você pode conferir aqui:

http://www.immigratemanitoba.com/immigrate-to-manitoba/in-demand-occupations/#indemand



Mudanças para MPNP-B e Trabalhadores Qualificados (Skilled Workers) em Manitoba

O programa do MPNP-B foi renomeado como Business Investor Stream (BIS) e foi subdividido entre Entrepreneur Pathway e Farm Investor Pathway. 

Um comunicado de imprensa do governo disse que o BIS dará prioridade aos candidatos que iniciam um negócio nos primeiros 12 meses após sua chegada em Manitoba, especialmente àqueles que desejam estabelecer seus negócios fora de Winnipeg. Os candidatos do Entrepreneur Pathway receberiam uma autorização de trabalho temporário e, em vez de fornecer um investimento de US $ 100.000, assinariam um acordo de desempenho comercial para comprar um negócio existente na província ou começar um novo. A província diz que o novo critério está programado para entrar em vigor no primeiro trimestre de 2018.

Os novos Skilled Workers do programa de Manitoba também serão subdivididos em dois programas: Manitoba Work Experience Pathway e Employer Direct Recruitment Pathway.

O Manitoba Work Experience Pathway é para candidatos que atualmente trabalham em Manitoba com permissões de trabalho temporário e cujos empregos não são encontrados na lista de profissões sob demanda. O Employer Direct Recruitment Pathway é para candidatos internacionais com ofertas de emprego de empregadores pré-aprovados de Manitoba.


International Education Stream

O novo International Education Stream é projetado para fornecer “vias mais rápidas para a indicação provincial” para estudantes internacionais graduados em Manitoba e cujas habilidades atinjam as necessidades dos empregadores da província.

Com data prevista para início em abril de 2018, o novo programa será direcionado para graduados na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática e que estão completando estágios “que apoiam a inovação da indústria” em seus campos de estudo. De acordo com o governo provincial de Manitoba, os estudantes internacionais graduados nas instituições de Manitoba que encontraram um emprego de longo prazo em uma ocupação sob demanda não terão mais que trabalhar por seis meses antes de se candidatarem ao MPNP.

Essa é uma excelente notícia para quem pretende imigrar e tem Manitoba como opção.

Conheça as suas chances, agende uma consulta conosco: http://www.evisaimmigration.com/book-consultation/

10

Canada Immigration Services, Canada News
Ontem, 1 de novembro, o Ministro de Imigração, Refugiados e Cidadania, Ahmed Hussen, apresentou o novo plano “multi-anos” para os programas de imigração federais e seus números. A perspectiva é bastante positiva: são aproximadamente 1 milhão de novos imigrantes para os próximos 3 anos! O objetivo é continuar buscando pessoas com qualificação profissional para atender à demanda de profissionais no país. Para se ter uma noção, no ano de 2017 a perspectiva é de 300.000 novos imigrantes vindos de programas de classes econômicas. Para 2018, a previsão é a de que esse número chegue a 310.000, em 2019 a 330.000 e 2020 a 340.000, como podem ser vistos no gráfico a seguir:      


Nesses números, estão inclusas as classes econômicas (Express Entry e Programas Provinciais), reunificação familiar (Sponsorship – Family Class) e refugiados, pessoas protegidas e humanitárias.

Vocês podem conferir os números dessa divisão, com detalhes, no gráfico a seguir:    




Hussen também declarou que há um movimento a favor de diminuir o tempo de processamento dos pedidos de sponsorship e cidadania. Até o ano passado, por exemplo, o processing time do sponsorship estava em 26 meses. Esse ano diminuiu para 12 meses e, em outubro, algumas aplicações já haviam sido processadas em 10 meses. Há também novidades sobre o Atlantic Pilot Program. A partir de 2018, ele passará a ter cotas individuais, com previsão de 1.000 aplicantes para 2018, 2.000 para 2019 e 4.000 para 2020!


Na nossa live de ontem, o nosso Consultor Regulamentado, Leomir Gonçalves, trouxe em primeira mão todos os detalhes desse novo plano – confiram na nossa timeline: https://www.facebook.com/evisaimmigration/videos/1708898215848635/  



Para identificar em quais dessas oportunidades você se encaixa, agende uma consulta conosco e faremos uma análise completa do seu perfil e indicaremos o melhor caminho para você: http://www.evisaimmigration.com/book-consultation/
1

Canada News
Hoje entra em vigor a segunda etapa das mudanças trazidas pela Bill C-6 para a obtenção da cidadania Canadense, anunciadas na última quarta-feira pelo Ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania, Ahmed Hussen.   Hussen disse em um evento em Brampton, cidade da província de Ontário, que os novos requisitos tornarão o caminho para se unir à “família canadense” mais fáceis e flexíveis.   “Como um país que está comprometido com o sucesso da legalização e integração dos recém-chegados, para que eles possam reiniciar suas vidas e fazer contribuições para a nossa sociedade, temos que garantir o caminho para a cidadania para residentes permanentes”, declarou em seu depoimento.    



Mas quais são essas mudanças?    

Período mínimo de permanência exigido no Canadá   ANTES Até ontem (10/10/17), para iniciar o processo de cidadania Canadense, todo candidato deveria estar no Canadá como residente permanente por no mínimo 4 anos (1.460 dias) de um total de 6 anos. Além disso, desses dias exigidos, o candidato deveria permanecer por um período superior a 183 dias por ano nesses quatro anos – mesmo que no final dos 6 anos tenham completado o total de dias necessários.  

NOVA REGRA A partir de hoje, o período de permanência no país com status diferente de residente permanente (trabalhadores temporários e estudantes – exceto visitante/ turismo) também valem como tempo de permanência no país (até 365 dias) para o processo de cidadania, mas a contagem dessa etapa será diferente: a cada 2 dias no país, será contado como 1 dia para o processo de cidadania. Após o período de residência temporária, quando o cidadão se torna residente permanente, essa contagem automaticamente passa a ser de 1 para 1. Além disso, a exigência dos 4 anos passou a ser de 3 (1.095 dias), dentro do período de 5 anos anteriores (e não mais 6). Esses 1.095 dias agora passarão a ser independentes, sem exigência mínima anual – valendo somente esse total. Ou seja: se nesse período de 4 anos você precisar ficar 1 ano fora do Canadá, seu pedido de cidadania não ficará comprometido.  

Prova de idioma e conhecimentos gerais  
ANTES Para se tornar um cidadão canadense, todo candidato deve fazer uma prova de proficiência da língua inglesa e de conhecimentos gerais sobre o país. Até ontem, essas provas eram exigidas a todos candidatos entre 14 e 64 anos.   NOVA REGRA Com a mudança, os residentes permanentes entre 14 e 17 anos, e a partir dos 55 anos, não mais precisarão fazer os testes para a aplicação do pedido de cidadania.    

Você pode encontrar mais informações sobre o processo de candidatura à cidadania no site da Imigração, assim como os novos formulários de solicitação: http://www.cic.gc.ca/english/citizenship/become.asp  


Vale lembrar que, antes de um pedido de cidadania Canadense, você precisa já ter passado por algum dos processos de imigração e se tornado um residente permanente. Conheça alguns dos nossos programas no nosso vídeo abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=d94UemvFxjg    

Conheça também as suas chances de elegibilidade com as nossas ferramentas do free assessment:   Express Entry Programs http://www.evisaimmigration.com/free-assessment/   BC PNP http://www.evisaimmigration.com/bc-pnp-assessment-tool/    


Para uma análise mais detalhada do seu perfil e entender os melhores caminhos para imigrar, agende uma consulta conosco: http://www.evisaimmigration.com/book-consultation/
0

Canada Immigration Services
Há muitas formas de você conseguir visitar, estudar e trabalhar no Canadá. Seu objetivo é o que vai definir qual caminho seguir para adquirir a sua permissão de entrada no país. De uma forma mais abrangente, podemos dizer que há duas categorias de vistos: o temporário (temporary visa) e o permanente (permanent visa) – esse último exclusivo a quem consegue imigrar. No texto de hoje, apresentamos cada uma das opções de vistos temporários – e como adquirir cada uma delas. As informações abaixo são válidas para todas as províncias, com exceção de Quebec, que possui regras diferenciadas.    







Visto de visitante
O que é: também conhecido como visto de turismo, ou Visitor-1 (V-1), ele permite a sua entrada e estadia no país, porém não é concedido o direito de estudo (exceto cursos de até 24 semanas) ou trabalho. A validade do visto pode ser variável, e você poderá reentrar no país dentro do período de válido, mesmo que o visto esteja em um passaporte anterior já vencido. Tempo médio de emissão: 15 dias a partir da data de solicitação. Caso queira permanecer no país por um período maior, é possível pedir a extensão do seu visto (sugerimos que a solicitação seja feita dentro de até 30 dias antes de sua expiração).


SX-1   O que é: esse visto é específico para quem vai fazer um curso de até 24 semanas de duração. Para solicitá-lo, é necessário ter a carta de aceitação da escola em que vai estudar, conhecida como LOA (Letter of Acceptance). Validade: o oficial que vai avaliar, de acordo com a carta da instituição de ensino e validade do passaporte. Tempo médio de emissão: 15 dias a partir da data de solicitação.     Se os dois (visitante e SX-1) permitem estudar por um período de 24 semanas, qual a diferença entre eles? O SX-1 foi criado exclusivamente para quem vem ao Canadá para estudar (short-term period of study). A validade dele oscila de acordo com a análise do oficial. Já o visto de visitante, é voltado a quem quer entrar no país com a finalidade de turismo e tem o prazo de permanência máxima de 6 meses.


eTA (Electronic Travel Authorization)   O que é: é uma autorização de viagem que é emitida eletronicamente. Para brasileiros serem elegíveis, é necessário ter visto americano válido ou ter tido um visto canadense nos últimos 10 anos. Pessoas com passaportes europeus possuem este direito sem restrições para a elegibilidade. O eTA é válido somente para quem entra no país via aérea. Para obtê-lo, basta preencher, antes da viagem, uma autorização eletrônica e pagar uma taxa. Validade: 5 anos ou limitada ao vencimento do passaporte – o que ocorrer primeiro. Tempo médio de emissão: até 48 horas a partir da solicitação.


Visto de estudante   O que é: permissão de entrada e permanência no Canadá no período de estudo. Há 2 tipos: o S-1 e o SW-1. O que define qual deles será emitido serão os requisitos do curso em que o estudante foi inscrito: os SW-1 são para cursos que possuem Co-Op (estágio obrigatório para a conclusão do curso), enquanto para o S-1 não há esse requisito para a conclusão do curso. Para solicitar qualquer um deles, é fundamental ter uma LOA (Letter of Acceptance). Além disso, para um estrangeiro estudar no Canadá, ele precisa selecionar uma instituição que esteja autorizada a receber alunos estrangeiros. Essas instituições são chamadas de Designated Learning Institution (DLI) e o seu número de identificação é obrigatório no processo de visto de estudos, que normalmente é mencionado carta de aceitação da instituição. Validade: variável de acordo com o período de estudos. Você pode encontrar a lista completa no site do CIC: http://www.cic.gc.ca/english/study/study-institutions-list.asp Tempo médio de emissão: aproximadamente 10 semanas a partir do pedido (Visa Office São Paulo). Contudo, o tempo de processamento oscila de acordo com o número de solicitações – quanto maior a demanda, maior o período de espera.     Eu posso trabalhar enquanto estudo? Estudantes de inglês ou Pathways (curso preparatório para o College ou Pós-Graduação) não podem trabalhar – e acompanhantes também não. Já para quem vem ao Canadá fazer College, Universidade, Pós-Graduação, Mestrado ou Doutorado, o estudante tem direito a trabalhar por até 20 horas semanais e seu acompanhante por até 40 horas (sujeito a aprovação), desde que o curso seja full-time. Vale reforçar que essa condição é garantida somente para quem for estudar em instituições públicas ou com fundos públicos. Para as demais escolas, a aprovação é sujeita a validação prévia – o que não dá garantia de que você irá conseguir.


Visto de Trabalho   O que é: também conhecido como W-1 (Worker), permite que você trabalhe no Canadá. O tipo de documentação necessária é extremamente variável de acordo com o programa base.   Alguns exemplos: – Visto de trabalho como Accompanying spouse de um full-time post secondary student; – Visto de trabalho como Accompanying spouse de um skilled worker – alguém que possui um  visto de trabalho (aberto ou fechado) e possui oferta de trabalho qualificada; – Visto de trabalho com patrocínio: obtido através do processo de LMIA, na qual o empregador precisa comprovar que não há candidatos canadenses que atendam aos requisitos daquela vaga; – Visto de trabalho com suporte do empregador: obtido através do processo provincial com suporte do empregador; – Visto de trabalho “Intra-company transfere”: obtido através do processo de transferência de profissionais entre empresas do mesmo grupo ou afiliadas; – Post-Graduation Work Permit – visto de trabalho obtido mediante graduação em uma instituição de ensino elegível.   Validade: variável (dependendo do programa). Tempo médio de emissão: em solicitações no Brasil, aproximadamente 10 semanas.


Working Holiday Visa   O que é: permissão de trabalho que o governo do Canadá cede cotas para alguns países. O Brasil não está na lista de países que recebem essa cota, no entanto, algumas agências comercializam este programa para brasileiros, baseados em acordos com outros programas do Governo Canadense. Validade: variável de acordo com o país. Tempo médio de emissão: 10 semanas


Visto de Negócios   O que é: visto direcionado a estrangeiros que passarão um curto espaço de tempo no país para atividades específicas. Ex.: eventos profissionais, treinamento específico de uma empresa, etc. É conhecido também como B-1. Um dos requisitos para a sua emissão é apresentar documentação que comprovem a relação com empresas no Canadá. Validade: 10 anos, com direito a múltiplas entradas. Tempo médio de emissão: 15 dias


Super Visa   O que é: também conhecido como PG-1 (parents and grandparents), esse visto é específico para estadia no país de pais e avós de residentes permanentes ou cidadãos canadenses. Validade: variável. Atualmente, o prazo é de 69 dias. Tempo médio de emissão: 15 dias


Visto de Trânsito   O que é: permissão temporária para transitar no Canadá por até 48 horas. Conhecido também como VH-1 (visitor in transit through). Seu principal objetivo é o de fazer conexão de voos que fazem escala no Canadá mas tem o destino final para outros países. Por isso, um dos documentos necessários para a solicitação dele é a comprovação detalhada do itinerário da viagem. Validade: 48 horas Tempo médio de emissão: 15 dias


Mudança de status   Quem vem ao Canadá com o visto de visitante e decide estudar, por exemplo, pode pedir a mudança de seu status, porém esse pedido não poderá ser processado dentro do Canadá. Sendo assim, temos as seguintes opções:
  • Encaminhar o pedido para o seu país de cidadania. Ex.: Brasil. Essa solicitação não pode ser feita online – somente por papel – o que faz com que o processo demore um pouco mais do que o processo online (tempo de courier + processamento no VAC).
  • Encaminhar o pedido para os Estados Unidos (Los Angeles). Essa aplicação pode ser feita online.

Tempo médio de emissão: variável, de acordo com a forma de solicitação.   Durante o processamento de sua mudança de status, seja por Los Angeles ou pelo Brasil, você deverá se manter com status válido no Canadá. Assim, a extensão do seu visto de visitante poderá ser necessária, caso o tempo de processamento da mudança de status seja superior ao tempo autorizado para sua estadia no Canadá.


IMPORTANTE: no caso de extensão do mesmo tipo de visto, esse poderá sim ser processado dentro do Canadá. Em determinados casos, àqueles com visto SX-1, também poderão fazer a mudança de status dentro do Canadá.     O que faz as pessoas preferirem aplicar o pedido de mudança de status no Brasil (por correspondência) e não nos Estados Unidos (online – mais rápido)? Infelizmente, o índice de rejeição para sulamericanos, quando a mudança de status é solicitada por Los Angeles, é extremamente alta. Portanto, as chances de ter a troca de status negada quando feita por Los Angeles são maiores do que quando feita pelo Brasil. Além disso, todos os documentos deverão ser traduzidos – o que não acontece quando a solicitação é feita para o país de origem.

Vale lembrar: nenhum tipo de visto dá 100% de garantia de entrada no país. Sempre há o risco de, por qualquer razão, os oficiais da imigração impedirem a sua entrada. Por isso, atente-se para que toda a sua documentação esteja de acordo com os requisitos de entrada no país.





Agora que vocês já sabem tudo sobre vistos, programem-se, venham para o Canadá! E no que precisarem de ajuda, estamos aqui para atendê-los!
64

Canada Immigration Services, Canada News
No dia 20 de julho completou 1 ano do novo sistema de benefício voltado a famílias canadenses com filhos menores de 18 anos.

Essa mudança fez com que a maior parte das famílias passassem a receber um incentivo maior e isento de impostos. Historicamente, é um dos projetos mais ambiciosos dentre as ações sociais desenvolvidas nos últimos anos. E a experiência desse primeiro ano foi extremamente satisfatória: 9 a cada 10 famílias recebem o benefício, e o retorno da população tem sido bastante positivo.


Mas como era antes?

Até julho de 2016, haviam 2 sistemas de benefícios a famílias com filhos de até 18 anos:

– CCTB (Canada Child Tax Benefit): valor mensal calculado de acordo com o histórico de declaração de Imposto de Renda dos responsáveis legais.

UCCB (Universal Child Benefit Care): valor mensal fixo, independente da renda. Para crianças até 6 anos, o atributo era de CAD$160,00 e de 6 a 17 anos, CAD$60,00.

Em resumo, eram dois programas diferentes, com dois depósitos e valores diferentes.



E o que exatamente mudou?

O CCB (Canada Child Benefit), novo sistema de benefício a pais canadenses, reúne os dois antigos sistemas em um único pagamento, baseado exclusivamente na renda familiar e isento de impostos.

Hoje, as famílias com crianças menores de 6 anos recebem até CAD$6.400,00 e de 6 a 17 anos, CAD$ 5.400,00 – ambos valores anuais.

Para terem uma referência, famílias cuja renda seja inferior a CAD$30.000/ ano, recebem o valor máximo e as que têm renda anual superior a CAD$200.000 não têm direito ao benefício.

Todo mês de julho há uma revisão sobre os valores baseada na sua última declaração de Imposto de Renda e retorno do benefício do ano anterior, por isso é muito importante manter o sistema atualizado sobre quaisquer mudanças.



Quem tem direito a receber?

Há alguns critérios e condições para o recebimento do valor, sendo alguns deles:

  1. Você deve ser o responsável, e o menor deve ter menos de 18 anos.
  2. Você deve ser Residente Permanente ou cidadão Canadense. Visitantes e estudantes, por exemplo, não têm direito ao benefício.
  3. Residentes temporários que estejam residindo no Canadá no último 1 ano e meio e com autorização válida no 19o mês.

Quando devo solicitar?

Uma vez que você seja o responsável e atenda a todos os requisitos, não há um período exato pré-estabelecido, mas vale destacarmos algumas situações:

– Nascimento de um bebê;

– Quando o menor passa a viver com você;

– Quando você ou seu cônjuge passam a ser elegíveis.



Como faço para solicitar?

Há 3 formas de solicitar o benefício:

Aplicação automatizada

Essa aplicação é exclusiva para bebês que acabam de nascer. A CRA (Canada Revenue Agency) utiliza as informações sobre o nascimento da criança para avaliar sua elegibilidade sobre o benefício e valor.

Para utilizar esse meio, você deve atender às seguintes condições:

– Ser a mãe do bebê que acaba de nascer;

– Seu bebê ter nascido em uma província que participa do programa (confira em https://goo.gl/j9Tw9Q);

– Não ter dado entrada no pedido por nenhum outro canal.

Passo a passo

1.     Preencha o formulário de registro provincial de nascimento do seu filho;

2.     Dê seu consentimento à Agência Estatística Vital para compartilhar com segurança a informação do seu formulário de registro de nascimento com o CRA;

3.     Forneça seu número de seguro social (SIN number) para evitar atrasos;

4.     Envie seu formulário.

Minha conta

Você pode entrar com seu pedido online também, pelo site www.cra.gc.ca/myaccount, seguindo os passos abaixo:

1.      Em “My Account”, clique na opção “Apply for Child Benefit”;

2.     Confirme suas informações de contato, seu estado civil e sua cidadania;

3.     Adicione o nome, o sexo, a data e o local de nascimento e a informação do responsável.


Aplicação pelo Formulário RC66



Você pode solicitar através do formulário RC66, nas seguintes situações:

– Seu filho acaba de nascer;

– O menor passar a morar com você;

– Você passou a residir recentemente no Canadá;

– Você não solicitou o benefício de nenhuma outra forma.

Caso tenham interesse em mais detalhes sobre o programa ou mesmo sobre elegibilidade e como fazer aplicação, seguem alguns links em que você pode obter mais informações:


Informações gerais para aplicação

https://www.canada.ca/en/revenue-agency/services/child-family-benefits/canada-child-benefit-overview.html


Publicação de todos os detalhes do novo programa

https://www.canada.ca/content/dam/cra-arc/migration/cra-arc/E/pub/tg/t4114/t4114-17e.pdf


Projeções e metas para o primeiro ano do novo sistema – expectativas

http://www.cbc.ca/news/business/canada-child-benefit-social-safety-net-baby-bonus-childcare-justin-trudeau-social-assistance-1.3685290



Não deixe de conferir sua elegibilidade e usufrua desse benefício!

0

PREVIOUS POSTSPage 1 of 3NO NEW POSTS